Conhecer os próprios limites é consumir cerveja de forma responsável!

Se você está aqui é porque adora uma cervejinha, não é?

Nós da EZbrew também!

Fizemos deste amor o nosso trabalho e procuramos oferecer a você as ferramentas para que a sua paixão também vá além de apenas consumir a bebida.

Fazer e beber a sua própria cerveja é muito bacana. Conhecer os limites evita que isso se torne um problema.

E você sabe o que pode acontecer quando alguém passa do limite, não é? Afinal, quem nunca presenciou discussões ou brigas causadas por quem exagerou na bebida?

Pior do que isso, acidentes causado pelo consumo exagerado da álcool.

Estabelecer limites é consumir cerveja de forma consciente.

No entanto, sabemos também que degustar uma cerveja com a família ou amigos também é uma atividade milenar e muito prazerosa!

Veja algumas dicas para conhecer e respeitar o seu próprio limite;

• Evite beber na companhia de pessoas que incentivam o excesso de bebida;

• Sinta-se confortável ao beber e mantenha o seu próprio ritmo;

• Não seja teimoso! Pare de beber quando sentir que está no limite, mesmo que o bate-papo esteja ótimo, comece a tomar água!

• Ouça o seu corpo, ele vai dizer quando é a hora de parar.

Se beber não dirija: acredite nisso!

Beber e dirigir é de fato uma péssima ideia.

Hoje em dia, temos inúmeras opções de transporte, seja ele uma carona, um taxi, um ônibus, metrô ou até um aplicativo.

Quando aprendemos a beber assim, entendemos porque tanta gente está fazendo da produção de cerveja artesanal um hobby. Cada receita, cada mistura vai proporcionar um produto diferente. No fim, você vai perceber que não é a quantidade que importa, mas assim a qualidade da cerveja que está sendo consumida.

Mais do que isso, curta os amigos, tenha momentos agradáveis com aqueles que estão dividindo a vida com você.

Nós da EZbrew incentivamos que todos conheçam os seus próprios limites e que o ato de beber cerveja continue sendo uma forma de reunião social muito prazerosa. Beber menos é beber melhor e com responsabilidade. Estamos juntos nessa!

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *