Maturação da Cerveja, tudo que você precisa saber

Saudações, amigo cervejeiro!

A maturação da cerveja é um processo importante e precisa ser respeitado. Se você é iniciante na arte de produzir a cerveja caseira pode se preparar para segurar a ansiedade. A pressa é inimiga da cerveja perfeita.

Ao não respeitar o tempo correto de maturação é certo que o melhor resultado não será atingido. Mais do que isso, pular ou reduzir o tempo de maturação é até mesmo perigoso.

Pensando nisso, nós aqui do Blog da EZbrew decidimos fazer esse guia com tudo o que você precisa saber sobre a maturação da cerveja artesanal. Leia com atenção e entenda porque esse processo é tão importante na sua produção e na busca pela melhor cerveja possível.

Veja também: Oxidação da cerveja: por que acontece e como evitar

O que é a maturação da cerveja artesanal?

A maturação é um período de “descanso” da cerveja. Esse é um processo que deve ser respeitado logo depois da fermentação, tanto que alguns cervejeiros o consideram como uma fermentação secundária.

Na prática, precisamos esperar para que a cerveja chegue à densidade ideal no fim da fermentação. Isso significa que as leveduras já cumpriram o seu papel e deixaram de consumir os açucares.

É aí que entra a maturação. Mesmo após a fermentação primária, algumas leveduras ainda estão em atividade, que embora baixa, ainda altera o produto final. Ao engarrafar a bebida antes do fim dessa etapa, a atividade das leveduras segue gerando gás CO2 e isso representa riscos.

Um deles é o de aparecimento de off-flavors. Esses sabores indesejados podem surgir uma vez que o cervejeiro passa a não ter o controle total do processo, já que as reações químicas continuam acontecendo dentro da garrafa.

Outro risco é até mais perigoso. Com o gás sendo produzido já após o envase há o risco de explosão da garrafa devido ao aumento da pressão. Tudo o que não queremos é colocar a nossa integridade (ou a de outras pessoas) em perigo, não é?

Veja também: Uso de adjuntos na produção de cerveja: tudo que você precisa saber

Qual é o tempo ideal de maturação da cerveja artesanal?

Cada estilo de cerveja tem suas próprias variáveis. O tempo de fervura, temperaturas, quantidades de ingredientes mudam a cada receita. Com o tempo de maturação é a mesma coisa.

Por exemplo, cervejas como APAs, IPAs ou aquelas feitas com trigo precisam de cerca de uma semana de maturação. As Ales, em geral, necessitam de duas a quatro semanas. Já as Largers devem descansam por volta de 30 a 40 dias. Na chamadas cervejas de guarda (tipos de cerveja envelhecidas), esse tempo pode ser de até um ano.

Os objetivos do cervejeiro e o estilo da cerveja vão determinar o tempo de maturação ideal. Uma dica bacana é ficar atento à bebida. Qual é a cor e a coloração que você busca? Qual é a densidade perfeita? Com atenção e paciência cada cervejeiro vai chegar ao seu resultado ideal.

Veja também: Cerveja feminina: do jeito que a mulher quiser!

Em busca da cerveja artesanal perfeita

Antes de encerrar, faça sempre a maturação longe da luz e tome muito cuidado com a presença de oxigênio. O contato com o ar por um tempo prolongado pode oxidar a bebida, gerando novos off-flavors.

Com outras dicas e informações você pode melhorar ainda mais a sua cerveja. Por isso, não deixe de conhecer mais sobre o universo cervejeiro no  Canal da EZbrew no Youtube e aqui no Blog da EZbrew. Navegue também pelos equipamentos e acessórios EZbrew.

Entre em contato agora mesmo com nossa equipe de cervejeiros e torne-se um EZbrewer. Venha fazer parte dessa família!

Saúde a todos nós!

 

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.