Conheça as escolas de cerveja da Europa (Belga, Alemã e Inglesa)

Saudações, amigo cervejeiro!

Não é nenhum exagero dizer que a cerveja faz parte da história da humanidade. Dizem que sua origem foi há aproximadamente 6 mil anos, uma invenção acidental dos sumérios, povo que ocupava a Mesopotâmia.

Se no início dessa história os primeiros cervejeiros sumérios descobriram que os cereais fermentados tinham um valor muito maior do que eles pensavam, na Europa antiga a fabricação de cerveja se tornou uma arte, e criou algumas das escolas mais famosas da bebida que amamos.

Três delas, a belga, a alemã e a inglesa são as mais conhecidas e têm fãs pelo mundo todo até os dias de hoje. Esse artigo do Blog da EZbrew vai falar justamente sobre elas. Acompanhe!

Veja também: Cervejas Marzen e Oktoberfest: conheça essas receitas cheias de história

Escola alemã de cerveja

Difícil pensar em uma escola cervejeira e não pensarmos logo na Alemanha. A escola alemã é uma das mais tradicionais e tem características bem marcantes, que nasceram em 1516, ano em que foi implantada a Reinheitsgebot, Lei da Pureza.

Essa lei determinava que cerveja fosse feita somente com três ingredientes: água, malte e lúpulo. Posteriormente, quando se descobriu que a mágica em transformar o mosto em cerveja era um pequenino fungo, a levedura também foi adicionada à lei.

Ou seja, a cerveja alemã tem como característica fazer mais com menos. Na verdade, é impressionante a quantidade de estilos que nasceram dessa escola. A Larger, a cerveja mais consumida do mundo, nasceu na Republica Tcheca mas ganhou notoriedade na Alemanha.

É impressionante o número de estilos que nasceram dessa escola. Entre os exemplos podemos citar a Pilsen, Bock, Dunkel, Helles, Rauchbier, e a Schwarzbier; as de fermentação hibrida: as Altbier e Kölsch; além é claro da famosa cerveja de trigo Weissbier.

Veja também: Cervejas alemãs, o que é que elas têm?

Escola inglesa de cerveja

A cerveja é parte da cultura da Inglaterra, sem dúvida. Tanto que não é preciso nem ir à Londres para curtir um pub, o famoso bar inglês. Hoje, qualquer cidade maior, mesmo no Brasil, tem uma opção de pub para curtirmos uma boa cerveja.

Em relação às características, a escola inglesa que assim como a alemã, tem um controle severo de qualidade. Lá existe a CAMRA (Campaign for Real Ale, ou Campanha pela Ale Verdadeira) que busca a preservação dos costumes da cerveja artesanal britânica.

Segundo a tradição, a bebida descansa em barril de madeira, de onde vai diretamente para o copo, via gravidade. Muitos pubs britânicos mantêm essa tradição e recebem o selo da CAMRA por isso.

Sobre os estilos, destacam-se a Pale Ale, a Red Ale, a India Pale Ale e a Stout. Todas elas têm sabores e aromas bem marcantes e com um grau alcoólico bem generoso.

Veja também: Cervejas inglesas: conheça a história rica e cheia de tradições

Escola Belga de cerveja

A cerveja da Escola Belga tem um perfil complexo, sabor e aroma muito marcantes, teor alcoólico geralmente alto e proporciona uma verdadeira explosão de sensações. De fato, a bebida na Bélgica é marcada pela experimentação.
Tanto que foi nesse país que nasceram novas técnicas de fermentação que utilizam tanques abertos e leveduras selvagens, conhecida como fermentação espontânea.

A brasagem ganhou candy sugar, especiarias e frutas. Toda essa criatividade resultou em uma escola na qual os sabores e aromas ganharam um novo nível, bem diferente daqueles encontrados em outras cervejas tradicionais.

Entre as cervejas belgas mais conhecidas estão a Special Beer, Farmhouse Ales, White Beers, Oud Bruin, Lambics e Biere Brut, além das conhecidas cervejas Trapistas, que são produzidas dentro de monastérios desde a Idade Média.

Veja também: Cervejas Marzen e Oktoberfest: conheça essas receitas cheias de história

Encontre o seu tipo de cerveja preferido

Uma boa dica para encontrar o seu estilo de cerveja predileto é experimentar cada um dos tipos apresentados nesse artigo, prestar bastante atenção às características de cada uma, sentir os sabores e aromas.

Nós aqui do Blog da EZbrew já mostramos passo a passo para fazer uma degustação de cerveja como um profissional (conhecer também esse artigo é também uma boa dica!).

Conhecimento é a chave para dar um salto de qualidade na forma como bebemos. Saber degustar os melhores produtos, sempre respeitando os limites, é criar uma cultura de bebida muito mais responsável.

Conheça os kits de receita que desenvolvemos e testamos para bem representar estas escolas, acesse loja.ezbrew.com.br
Quer saber mais? Conheça o Canal da EZbrew no Youtube, navegue pelos equipamentos e acessórios EZbrew, escolha os seus ingredientes preferidos e prepare-se para os melhores brindes da sua vida!

Saúde a todos nós!

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *