Qual o melhor, barril ou post mix?

Saudações, amigo cervejeiro!

Todo o processo de produção da sua cerveja artesanal merece cuidado, atenção e muita dedicação. E o que fazer com ela, depois de pronta, não poderia ser diferente. Por isso, hoje vamos falar de dois tipos de armazenamento que costumam gerar uma dúvida: barril ou post mix, qual o melhor?

Afinal de contas, engarrafar a cerveja não é a única opção… Embora esse seja o modo mais tradicional, a utilização de garrafas para guardar sua produção pode dar lugar a uma outra ideia. Optar por deixá-la em barris ou em post mix também deve ser considerado, principalmente pela facilidade e rapidez do envase. Além destas vantagens, você pode fazer a carbonatação forçada com gás carbônico (de cilindros de CO2) e já pode degustar sua cerveja em menos de 1 hora do envase. Já no método de carbonatação por priming nas garrafas, você tem que esperar por pelo menos 1 semana para degustar sua criação! Haja ansiedade!!! ahahahaha

Para você poder escolher o que vai funcionar com a sua produção, trazemos os principais pontos de cada uma dessas possibilidades.

Veja também: Fase fria X Fase quente da produção de cerveja

Barril em Inox

Também conhecido com o keg, a grande vantagem do barril de inox, sem dúvida, é a resistência a impactos e a pressão, a capacidade de armazenagem e a estanqueidade, ou seja, muito difícil de acontecer vazamentos no barril.

Para carbonatar e extrair sua cerveja, será necessário acoplar uma válvula extratora na válvula do barril e ter um cilindro de CO2 com uma válvula reguladora de pressão, além de algumas conexões e alguns pedaços de mangueiras próprias para gás e cerveja. Isso também será necessário para os post mix.

Com uma torneira especial e chopeira a gelo ou elétrica, ou até mesmo com a extração direta, onde você guarda o barril com cerveja direto em uma geladeira ou câmara fria, vai fazer o trabalho bonito de tirar a sua cerveja do jeitinho que você deseja, com aquela espuma perfeita.

Existe um ponto em comum entre quem gosta de fazer o armazenamento em barris: o transporte! Com ele, é possível carregar uma grande quantidade de um lugar para outro, com segurança e sem o risco que as garrafas oferecem, por exemplo.

A maior desvantagem dos Kegs é na hora da limpeza! Você precisa se valer de produtos químicos mais fortes como soda cáustica que podem ser muito corrosivos e perigosos para as pessoas que estão treinadas para utilizar. Outra desvantagem é o formato dos barris, nem sempre eles cabem em uma geladeira um do lado do outro. Mas já começaram a aparecer barris com formatos slim, mais estreitos e mais altos.

Veja também: Homebrewing: como fazer a maturação da sua cerveja?

 

Post mix

Essa uma opção que traz algumas vantagens comparadas ao barril. A primeira delas, é a leveza e o acesso ao interior do recipiente através da tampa superior, o que facilita muito a limpeza. Isso se você não tiver um braço muito grosso! hehehehehe
É um tipo de barril, só que mais leve e compacto, o que permite colocar 2 ou até 4 post mixs um do lado do outro em uma geladeira doméstica.

Da mesma forma que os barris de inox, será necessário acoplar uma válvula extratora na válvula do barril e ter um cilindro de CO2 com uma válvula reguladora de pressão, além de algumas conexões especiais para post mix e alguns pedaços de mangueiras próprias para gás e cerveja.

Em relação ao preço comparado aos kegs, eles são muito próximos!

A principal desvantagem é sem dúvida a necessidade de manutenção das borrachas de vedação das tampas e das válvulas. Quando elas começam a vazar você certamente vai ficar bem desapontado! Outra desvantagem é a capacidade de armazenamento, normalmente os post mix nao passam de 19 litros de volume.

DICA: É possível carbonatar sua cerveja dentro de post mixs ou barris com primming. Na hora da recarbonatação, deixe os barris de cabeça pra baixo para que eventuais precipitações fiquem na parte superior do barril ou do post mix. Você terá uma bebida mais límpida quando for servir a sua cerveja.

Veja nossa receita infalível de primming

 

E quem é o melhor?

Como você já deve ter visto, não é fácil decidir quem ganha essa batalha. Até porque, é a sua necessidade – e o seu gosto – que irá dizer qual a melhor maneira de armazenar e transportar a sua produção.
Agora, sabendo as diferenças entre esses dois processos, você terá condições de escolher se prefere um barril ou um post mix. Pronto para decidir?

 

Veja também: Planilha: cálculo de ajuste da água

Chegou a hora de guardar o seu precioso líquido e esperamos poder ter ajudado você a escolher a melhor maneira de fazer isso! Ah, e se quiser aprofundar seus conhecimentos na arte de produzir cerveja artesanal, não perca os cursos da Universidade EZbrew.  E se você quer pesquisar um pouco mais sobre acessórios de qualidade, dá uma passadinha na loja EZbrew.

Um brinde ao armazenamento da sua cerveja artesanal!

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *